UNIVISA APRESENTA LISTA DE PRIORIDADES PARA 2012 À DIRETORIA COLEGIADA

CategoriesNotícias em Geral

Univisa apresenta lista de prioridades para 2012 à diretoria colegiada Em reunião com a diretoria colegiada no dia 12 de abril, a Univisa apresentou dez demandas prioritárias dos servidores para o ano de 2012. Elas fazem parte de uma lista de sugestões colhidas durante reuniões realizadas pela diretoria da associação com servidores de toda a agência, entre os dias 23 de fevereiro e 16 de março (servidores de PAF enviaram contribuições por e-mail). Para a diretoria da associação, todas as demandas contribuem para o fortalecimento da gestão da agência e fortalecem a carreira dos servidores específicos e efetivos.

O diretor Dirceu Barbano convidou representantes da Univisa e de cada uma das outras associações de servidores para participar de um encontro no dia 7 de maio que tratará da reforma estrutural da agência.

Seguem abaixo as prioridades apresentadas pela Univisa à diretoria colegiada. As demandas têm apoio da Aner, do Sinagências e da Fenasps. As demais sugestões colhidas nas reuniões entre a Univisa e os servidores constarão no Plano de Ação 2012 e poderão também ser tratadas com a chefia de gabinete em casos de urgência.

PRIORIDADES

    1.   Implantar a avaliação dos gestores (gerentes gerais, chefes, gerentes e coordenadores);

A diretoria respondeu que a avaliação dos atuais gerentes passará a ser regular e será feita no âmbito da reforma organizacional da instituição. Segundo as informações prestadas pelo Presidente, este tema/propostas seria atendida. Segundo o Diretor presidente, ainda no mês de Abril seria publicada portaria com as orientações desta nova metodologia de gestão.  A Univisa aguardará a publicação da portaria para avaliar sua aplicação. Ressalte-se que a associação não foi consultada ou teve acesso ao conteúdo desta proposta regulamentatoria.

2.   Implantar regulamentação com critérios meritocráticos para seleção dos cargos de comando;

A diretoria informou que as novas estratégias de Gestão por Competências poderá contemplar esta demanda. A Univisa terá representantes no comitê gestor responsável por delinear a proposta.

3.   Estabelecer critérios permanentes para o processo de remoção dos servidores (regulamento e banco de remoção);

O andamento da iniciativa estratégica de Gestão por Competências poderá contemplar esta demanda. A associação ficou de enviar uma proposta para ser discutida pela GGRHU e administração baseada no modelo implantado na Antaq. A Univisa enfatizou o descontentamento dos servidores com a falta de critérios justos e transparentes para regulamentar os processos de remoção dos servidores. Este tema será discutido em um GT específico.

4.   Aumentar o investimento na informatização das rotinas de trabalho;

Este tema deverá ser melhor discutido em outras reuniões. Porém, a implantação da Gestão por Competências prevê o gerenciamento por meio de software.

5.   Estabelecer Política de Capacitação Permanente (critérios para definição de temas, seleção de servidores, etc);

O andamento da iniciativa estratégica de Gestão por Competências poderá contemplar esta demanda. A Univisa enfatizou o descontentamento dos servidores com a falta de critérios justos e transparentes para regulamentar os processos de seleção dos servidores em capacitação.

6.   Realizar levantamento para definição do quantitativo de servidores para cada setor da ANVISA;

A administração lembrou que entre as iniciativas do planejamento estratégico está a contratação de estudo com vistas ao planejar o redimensionamento da força de trabalho. Este estudo juntamente com a avaliação de processos internos poderá servir de base para remoção e solicitação de concursos públicos para a associação. Contudo, não foram apresentadas ações concretas nem prazos para a conclusão deste ponto.

7.   Realizar concurso público (provimento dos cargos vagos e ampliação do quantitativo de cargos previstos em Lei);

As entidades manifestaram a necessidade da Diretoria da Anvisa de acompanhar as solicitações feitas ao MPOG com vistas à obtenção de autorização de concurso público para suprir as necessidades da Anvisa.

8.   Cumprir determinação do TCU, relativa aos cargos comissionados técnicos (CCT) – Acórdão 2510/2011, com redistribuição dos mesmos por meio de critérios técnicos;

O diretor presidente informou que a agência vem paulatinamente ajustando as vagas e nomeações dos cargos comissionados técnicos (CCT) para atender ao relatório do TCU. A diretoria comprometeu-se a publicar no Intravisa a lista dos cargos comissionados e relatórios enviados ao TCU.

9.   Implantar programa de saúde do trabalhador;

A GGRHU informou que será contratada (mas sem prazo definido) consultoria para estudar as enfermidades que ocorrem com frequência na Anvisa, bem como para auxiliar na implantação de um modelo de Qualidade de Vida do Trabalhador.

10.  Implantar a jornada de trabalho com sobreaviso, hora extra, banco de horas, viagens a serviço.

As Entidades manifestaram a expectativa dos servidores em se avançar nos temas acima desde que sejam tratados de forma conjunta e discutidos à exaustão com as partes interessadas. A administração comprometeu-se a tomar decisões sobre estas demandas após diálogo com as entidades.

Finalmente, a associação esclarece que está terminando de consolidar o Plano de Ação 2012, que constará todas as sugestões ouvidas dos servidores durante as visitas às unidades organizacionais da Anvisa.

 Informativo Univisa
Ano II nº 53 – 19/abril/2012
Diretor-geral: Alessandro Belisario
Redação e edição: Carlos Dias Lopes
Distribuição: André Paes de Almeida e Thiago Silva Carvalho

About the author

Deixe uma resposta