NOTA DE ESCLARECIMENTO AOS SERVIDORES DA ANVISA SOBRE O CONCURSO PÚBLICO DE 2013

CategoriesNotícias em Geral

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou a ampliação do número de vagas do concurso público da Anvisa de 165 para 314. A UNIVISA, por meio de seus representantes, participa da Comissão que tem por objetivo a elaboração do edital e acompanhamento deste durante o processo de seleção.

Esses representantes fizeram uma consulta aos servidores e gestores de áreas com maior déficit de pessoal com vistas a identificar os perfis e formações adequadas a atender suas atribuições legais, bem como para contribuir com a celeridade e eficiência na resposta ao setor regulado e à sociedade, mantendo o rigor técnico-sanitário exigido.

Preocupados com a orientação que vem sendo dada pela Diretoria Colegiada da Anvisa quanto à estrutura de divisão de vagas do concurso público, que não considerou as proposições dos representantes dos servidores, por sua vez consoantes com as expectativas dos gestores e demais servidores consultados, a Univisa vem externar a seguinte situação:

Vimos nos posicionar perante aos servidores sobre o modelo de concurso público, principalmente para o cargo de especialista, sem prever a destinação das vagas por especialidade/área de formação.

Primeiramente, a elaboração do edital deveria ter considerado o levantamento do grupo de trabalho sobre as necessidades técnicas e profissionais a serem supridas pelo concurso.

Segundo, deveria considerar as necessidades quantitativas e qualitativas das áreas com maior demanda de trabalho e deficiência de recursos humanos.

Sem desconsiderar a necessidade do conhecimento interdisciplinar e a diretriz estratégica de se valorizar as competências, habilidades e experiências que permitirão aos servidores avançar vertical e horizontalmente por diferentes áreas organizacionais e de conhecimento na Anvisa, a Univisa defende que certos conhecimentos técnico-científicos são específicos de determinadas graduações não havendo como desvincular a necessidade deste conhecimento na avaliação de produtos e serviços sujeitos à regulação sanitária. Ou seja, em determinadas áreas e funções da Anvisa não é possível agregar todas as graduações na mesma competência de conhecimento sem considerar a formação básica do candidato.

Desta forma, a UNIVISA defende que o concurso público de 2013 deve ser aproveitado como uma oportunidade para superar, além dos problemas quantitativos, questões relativas ao aprimoramento do conhecimento tecnológico; custo-benefício no investimento de capacitação; e aspectos motivacionais de forma a contribuir para a eficiência, resolutividade e efetividade da administração pública.

Informamos que o tema será debatido na Assembleia a ser realizada na quinta-feira, às 11h00, no auditório da Anvisa. 

Diretoria da Univisa

2011/2013

Juntos podemos mais!

Sugestões: http://www.univisa.org.br/fale-conosco

Siga-nos no twitter e facebook!

Informativo Univisa
Ano IV nº 101 – 13/março/2013

About the author

Deixe uma resposta